was successfully added to your cart.

Como corrigir uma criança desobediente sem perder a calma

Se você já vivenciou uma atitude desrespeitosa do seu filho, então sabe como a situação é desconfortável. Quando isso acontece em lugares públicos então, a criança desobediente ganha ainda mais destaque — e os pais ficam muito constrangidos.

Em partes, essa atitude pode ser comum, principalmente se seu filho está vivendo uma situação de estresse, problemas ou situações desagradáveis. Independentemente do caso, é muito importante saber como agir e cortar o mal pela raiz. Confira o post que preparamos e saiba como corrigir uma criança desobediente!

Fique tranquila

Manter a calma não é a tarefa mais fácil do mundo nesse tipo de situação, ainda assim é o melhor caminho a se seguir. Quando você responde no mesmo nível, sendo rude ou desrespeitosa, acaba passando uma imagem errada.

Então, hora de desenvolver o autocontrole e saber como lidar com essa situação de forma mais leve.

Entenda o comportamento do seu filho

Ver as coisas pela ótica do seu filho é uma ótima maneira de entender o que está fazendo dele uma criança desobediente. Analise se ele está se sentindo constrangido, se está se sentindo mal nessa situação ou qualquer outra coisa. Pense que o comportamento que está tendo é uma resposta ao que está sentindo.

Aproveite para pontuar (na hora ou depois) que o que ele está fazendo não é o melhor caminho a se seguir. Explique as consequências que os atos podem ter e torne ele uma pessoa mais madura e independente.

Seja empática

Se a criança desobediente está fazendo isso por alguma situação, tente entender o ponto dela. Quando vocês estão em um parquinho, por exemplo, é bem natural que a criança não queira ir embora, concorda?

Nessas situações, use a empatia para neutralizar a desobediência. Você pode falar: “É tão difícil ir embora quando estamos nos divertindo, não é mesmo?” ou “Eu entendo como é triste deixar os coleguinhas, mas faz parte”.

Castigue quando for preciso

O castigo seguido por uma boa conversa ainda é uma das maneiras mais eficientes de lidar com comportamento dos filhos. Sempre que as regras não forem cumpridas, faça com que a criança desobediente tenha uma penalidade — sempre proporcional ao que foi descumprido, claro.

Se ela quebrou alguma coisa de propósito, jogou comida no chão ou fez algo que não deveria fazer, faça com que ela vá para o quarto ou tire seus privilégios. Assim fica mais fácil para ela perceber que esse não é o comportamento ideal, não se tornando uma criança mimada.

Faça com que a criança desacelere

Muitas vezes acabamos recebendo muitas informações nesse momento. No período de fúria, as crianças começam a falar muito e soltar palavras que demonstrem essa emoção. Muitas vezes isso ainda reflete palavras como “chata” e “não gosto de você”.

Coloque o pé no freio e demonstre que você gostaria de ouvir o que a criança está falando, mas esse não é o momento ideal. Se não funcionar, você pode alegar que não está conseguindo entender o que ela está dizendo, por isso o ideal é que ela desacelere.

Deixe o momento esfriar

Algumas vezes, o ideal é não reagir ou falar nada. Se seu filho é uma criança desobediente quando está com fome ou sono, por exemplo, o seu papel é ficar mais quieta e providenciar isso para ele.

Pense que ele está agindo no “modo sobrevivência” e o ideal é que ele acalme. Depois, quando estiverem mais tranquilos, vale pontuar que não gostou do comportamento dele.

Avalie seu papel como mãe

Para fechar, não podemos deixar de abordar este ponto. Veja como você está naquele dia e controle seu ânimo — até porque não estamos dispostas sempre, não é mesmo?

Se você está estressada e sugada por outras situações, então aja com calma. Esse é um prato cheio para ser levado pela emoção e acabar se arrependendo depois.

Agora que você entende melhor como agir com a criança desobediente, seja sábia e colha os frutos da relação com seus filhos. Mantenha o tom positivo e perceba os resultados que isso pode trazer para o comportamento deles.

Se você gostou das nossas dicas, acompanhe essas e outras nas nossas redes sociais — FacebookInstagram e Pinterest!

Um comentário

  • Laura Maria disse:

    Perfeito uma boa orientação gostei muito vou ler e reler várias vezes muito obrigada, pesquisar vá dessas orientações eu fui criada a base de pancadas. por isso busquei orientações

Deixe um Comentário