Use o cupom: VINTE pra ganhar 20% de desconto !

Como Educar Uma Criança Para Ser Um Adulto Bem Sucedido

crianca gravata

Você sabia que o segredo de adultos bem sucedidos começa na infância? Verdade, acredite! Um estudo divulgado pelo American Journal of Public Health, realizado ao longo de 20 anos, descobriu que crianças em idade pré-escolar com facilidade para colaboração, bondade e compartilhamento estavam mais propensos a serem adultos bem sucedidos.

Estas crianças, na fase adulta, apresentaram melhor desempenho acadêmico e profissional, foram mais propensos a terem nível superior, a trabalharem em empregos em tempo integral, evitando problemas com drogas, álcool e com a lei, ao completarem 25 anos.

Para o principal autor do estudo, Damon Jones, que também é pesquisador associado sênior do Instituto de pesquisa e prevenção Bennet Pierce, da Universidade Estadual da Pensilvânia, “Foi impressionante ver como a partilha, cooperação e gentileza em uma idade tão jovem, serviram como base para o sucesso adulto”, declarou.

Os estudos desenvolvidos por Damon acompanharam 753 indivíduos desde a década de 90. Eles foram avaliados por professores em uma escala de 1-5 em diversas habilidades.

Além disso, foram acompanhadas diversas metas positivas e negativas, que incluíam o desempenho nos estudos e envolvimento com drogas e histórico de fichamentos policiais.

Os analisados com melhor desempenho que tiveram pontuações altas em habilidades sociais e emocionais, tiveram 4 vezes mais chances de se graduarem na faculdade e de terem empregos melhores.

O estudo também sugere que estas habilidades sociais são tão importantes quanto a capacidade cognitiva. Para Jones, quando os educadores começam a reconhecer a importância de gestos como a cooperação e a partilha e desenvolvem estratégias que ajudem a promover estas habilidades, na sala de aula, o efeito no desenvolvimento será ainda maior.

A psicoterapeuta especializada em criança e família, Fran Walfish acredita que é preciso valorizar tanto o desenvolvimento acadêmico quanto o social. “Os pais de hoje estão focados no desempenho acadêmico e atlético, mas igualmente importante é a capacidade de conviver com outras pessoas e mostrar empatia e compaixão.”

Por isto, desenvolver estas habilidades sociais positivas é tão importante quanto tirar boas notas ou ir bem nos esportes. Para o Walfish, mesmo que não sejam desenvolvidas estas habilidades na idade pré-escolar, nunca é tarde demais para que os pais incentivem seus filhos a construírem essas habilidades sociais.

Uma das melhores formas de transmitir estes ensinamentos é através de exemplos. Aos pais ela recomenda: “Seja amável, coopere, mostre compaixão. As crianças aprendem pela experiência de assistir a seus pais “, disse Walfish.

Também é importante reconhecer os gestos de suas crianças. Se você ouvir seu filho demonstrando bondade a um amigo ou sendo solícito para compartilhar seu brinquedo, o parabenize e incentive ainda mais.

Além de um simples parabéns, diga a ele que este é um gesto muito positivo e que seu filho também deve se sentir bem com isso, dando a entender que a partilha não é importante somente porque agrada a você como pai, mas porque o próprio comportamento é muito gratificante também para quem o pratica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading