was successfully added to your cart.

Entenda por que o açúcar é o vilão da alimentação infantil

Segundo os especialistas, o açúcar é totalmente dispensável para a alimentação não apenas de crianças, mas também de jovens, adultos e idosos. Entretanto, como é difícil resistir às guloseimas, controlar o consumo de açúcar já é o suficiente para evitar que algo que é gostoso se transforme em um verdadeiro vilão.

Apenas quatro ou cinco colheres de chá de açúcar são o que a American Heart Association (AHA) recomenda que seja consumido, no máximo, de açúcar diariamente, principalmente pelas crianças. Pode até parecer que não é tão pequeno esse limite, mas diante de tantos doces, chocolates, biscoitos, balas e refrigerantes ultrapassar esse limite pode ser coisa bem rápida.

Por isso, continue a sua leitura e entenda por que o açúcar, apesar de tão saboroso, é o vilão da alimentação infantil!

Por que o açúcar é prejudicial?

Os açúcares dividem-se em dois grupos: os livres, que são encontrados em alimentos naturais como frutas e vegetais, e os simples, que são utilizados em produtos industrializados. Tanto os açúcares simples como os livres são considerados carboidratos simples.

Os carboidratos, por sua vez, são importantes para o nosso corpo já que são a maior fonte de energia. Entretanto, em uma alimentação saudável, os açúcares simples são totalmente dispensáveis. Confira os motivos que tornam esse tipo de açúcar prejudicial para a alimentação infantil:

Formação dos hábitos alimentares

Segundo o Ministério da Saúde, não é recomendável dar a crianças com menos de dois anos nenhuma quantidade de açúcar simples. Isso porque é durante essa fase que os hábitos alimentares são formados e, na grande maioria dos casos, esses hábitos acompanham a pessoa durante toda a sua vida.

Claro que o açúcar encontrado nos alimentos naturais podem ser consumidos desde os primeiros meses de vida da criança, até porque as frutas são uma parte importante da alimentação infantil. . 

Obesidade infantil

A obesidade infantil é um problema que cresceu muito desde os anos de 1970. Calcula-se que hoje em dia quase um terço das crianças tenha esse problema. Segundo estudos, os pequenos têm consumido até quatro vezes mais a dose diária de açúcar que é recomendada, resultando nesse crescimento da obesidade em crianças e adolescentes.

Cárie dentária

O consumo excessivo de açúcar é um dos fatores que mais contribuem para o surgimento da cárie dentária. Isso porque as bactérias que causam a cárie necessitam de um determinado ambiente para se proliferar. Ao consumir alimentos açucarados e ficar por um longo período de tempo sem fazer a higiene bucal, é criado o ambiente ideal para a proliferação dessas bactérias.

Por isso, é fundamental que as crianças tenham limites na hora de consumir doces — se consumirem — e que depois disso seja feita a escovação dos dentes para prevenir o surgimento de cáries dentárias.

Doenças crônicas

O abuso no consumo do açúcar pode resultar no surgimento de uma série de doenças como o diabetes, a hipertensão e problemas cardiovasculares que podem resultar em danos maiores como um AVC, por exemplo.

Hiperatividade

Apesar de o consumo de açúcar e a hiperatividade em crianças ser um assunto que gera muita discussão, essa relação ainda é muito estudada. Alguns estudos inclusive corroboram com a teoria de que o consumo exagerado de açúcar pode sim causar hiperatividade em crianças, sendo uma das razões que tornam a criança muito agitada na escola, por exemplo.

Se você tiver dúvidas, procure observar melhor como as crianças à sua volta agem sem consumir açúcar e como agem depois de beber muito refrigerante ou comer muitos doces em uma festa infantil.

Sistema imunológico

É natural que o sistema imunológico de bebês e crianças seja mais sensível ainda do que o de um adulto. Porem, o consumo em excesso do açúcar tende a enfraquecer os neutrófilos cuja função é defender o organismo e combater agentes prejudiciais.

Isso acontece porque o açúcar diminui a capacidade desses neutrófilos responderem adequadamente quando o organismo é exposto a alguma bactéria desconhecida ou algum vírus, como o da gripe ou resfriados, por exemplo.

Então, você sabia como o açúcar pode ser prejudicial para a alimentação infantil? Compartilhe o post em suas redes sociais para que outras mães também saibam sobre o vilão que o açúcar pode ser para a saúde dos pequenos!

Deixe um Comentário