Já identificou seu material escolar? Nós podemos te ajudar ;-)

Criando um espaço de estudo em casa para crianças com necessidades especiais

Criar um espaço de estudo em casa para uma criança com necessidades especiais pode parecer um desafio e tanto. Mas, com as escolhas certas, pode ser uma tarefa gratificante e contribuir muito para o desenvolvimento do seu filho.

Afinal, um ambiente preparado para o estudo é fundamental para o aprendizado de qualquer criança, sobretudo aquelas com necessidades especiais, que podem se beneficiar de um espaço personalizado para elas e adaptado às suas características específicas.

Neste artigo, proponho explorarmos algumas dicas e estratégias para criar um espaço de estudo que seja acolhedor, agradável e estimulante. Então, prepare-se para se inspirar e transformar a rotina estudantil de seu filho em uma experiência mais confortável e produtiva.

Criando um espaço de estudo em casa para crianças com necessidades especiais

Um bom ambiente de estudo em casa é essencial para o desenvolvimento educacional de toda e qualquer criança. Ter um espaço de estudo adaptado para essa finalidade, pode fazer uma grande diferença no sucesso escolar dos pequenos — especialmente as crianças com necessidades especiais.

 Sendo assim, você pode escolher com cuidado um espaço da sua casa e transformá-lo no ambiente ideal para a aprendizagem do seu filho. A princípio, pode parecer complexo, mas vamos te ajudar com as principais demandas — desde a escolha dos móveis, organização do local, chegando até a seleção de materiais escolares.

Selecionando móveis para um espaço de estudo adaptado às necessidades específicas

A seleção do mobiliário certo é um aspecto importante na criação de um espaço de estudo adaptado. Isso porque, é essencial escolher móveis que ofereçam conforto e suporte adequados para a postura, posicionamento e outras necessidades da criança durante o estudo.

Cadeiras com encostos ajustáveis e suportes para os braços são ideais, juntamente com mesas que também permitam inclinações e aumentar ou diminuir a altura.

Isso é importante para garantir que a criança possa estudar confortavelmente em uma superfície nivelada ao seu tamanho, principalmente se ela for passar muitas horas nesse ambiente.

Os móveis também podem ser funcionais, permitindo que a criança os acesse e se desloque entre eles com bastante facilidade. Além disso, se possível, invista em tomadas, interruptores e outros acessórios localizados estrategicamente — embutidos nos próprios móveis, por exemplo.

Decorando um espaço de estudo para promover um aprendizado positivo

Além de escolher móveis adaptados, a decoração do espaço de estudo em casa também pode ter um impacto significativo no ambiente de aprendizado. Adicionar cores alegres ao local pode ajudar a criar uma atmosfera mais acolhedora e convidativa para a criança.

Além disso, não se esqueça de acrescentar um toque pessoal ao espaço de estudo, incluindo itens que reflitam os interesses e hobbies da criança. Um quadro de fotos, cartazes com personagens ou certificados de prêmios escolares podem ser adicionados às paredes para motivar e inspirar.

Ademais, você pode escolher objetos que decoram e são úteis ao mesmo tempo, como um alfabeto com imagens ou kit de números para usar em uma lousa magnética; talvez um globo terrestre ou mapas decorativos também sejam boas escolhas.

Por fim, escolha junto ao seu filho, estojos, porta lápis, planejadores, e outros itens que estejam dentro da mesma temática, deixando o espaço de estudo em casa personalizado, colorido e com a cara da criança.

Selecionando materiais complementares

Selecione materiais que sejam apropriados às demandas educacionais da criança que tenha necessidades especiais. Livros com fontes grandes e imagens mais vívidas podem ajudar no melhor desenvolvimento da leitura para deficientes visuais, por exemplo.

Jogos educativos podem ser uma forma divertida e envolvente de aprimorar conceitos educacionais, e complementam o que já é ensinado na escola em alguns casos. Mas, para garantir a segurança, é importante escolher objetos que sejam seguros, considerando fatores como tamanho, formato e matéria-prima. 

Assim, deve-se evitar itens com peças pequenas que possam representar risco de engasgo e materiais tóxicos. Também é importante considerar a idade e habilidades motoras da pessoa que irá manusear o objeto.

Organizando um espaço de estudo produtivo e que estimula a independência

Um espaço de estudo em casa bem pensado certamente estimulará a independência da criança e tornará o aprendizado mais produtivo. Os pequenos com necessidades especiais muitas vezes enfrentam desafios únicos na hora de estudar, mas os pais podem ajudar a minimizar esses obstáculos ao adaptar o ambiente para o seu filho. Desse modo, considere o seguinte:

· Características do espaço

Escolha um espaço tranquilo, bem arejado, com iluminação adequada e sem muitas distrações.  A iluminação natural é a melhor opção, mas se não for possível, utilize lâmpadas com luz branca — incluindo luminárias de mesa.

Considere a individualidade da criança — por exemplo, se ela se desloca em cadeira de rodas, precisa de um local espaçoso e sem muita mobília pelo caminho.

· Organização geral do espaço

Mantenha o espaço de estudo devidamente organizado. Isso pode incluir a utilização de prateleiras e armários para armazenar os materiais. Mantenha brinquedos e outros objetos que possam gerar distrações longe do ambiente, e eduque a criança quanto a importância de manter o espaço de estudo em casa sempre assim.

Cada criança possui limitações específicas conforme as necessidades especiais que possui. Dessa forma, se fizer sentido e o ambiente comportar, posicione estrategicamente uma TV, suportes para outros tipos de tela e diferentes itens que possam ser úteis para os estudos da criança.

· Itens especiais

As crianças com necessidades especiais podem precisar de materiais escolares específicos, como lápis com formato ergonômico, calculadora adaptada ou uma mesa inclinada.

Certifique-se de que materiais como esses estejam sempre disponíveis para que tudo seja mais fácil e produtivo no aprendizado da criança.

É importante ressaltar que o espaço de estudo em casa não precisa e nem deve ser uma extensão de uma sala de aula, mas pode conter itens em comum. Sendo assim, conversar com a escola pode auxiliar a providenciar alguns materiais específicos para ter em casa.

Incentive a independência

Crie um espaço de estudo em casa que incentive a independência da criança, deixando tudo ela possa precisar em locais fáceis de encontrar. Estimule seu filho a desenvolver sua própria rotina de estudos e a tomar suas próprias iniciativas para ampliar seu aprendizado.

Resista a tentação de decidir tudo — supostamente — para facilitar as coisas, pois faz parte do bom desenvolvimento de qualquer criança ser cada vez mais independente e capaz.

Por fim, vale dizer que à medida que crescem, as necessidades das crianças podem mudar, então é bacana prestar atenção nisso para que novas adaptações sejam realizadas.

Inclua sempre a criança nessas decisões, pois certamente à medida que ela cresce e se desenvolve, pode ajudar na escolha e nos tipos de melhorias que o ambiente de estudo possa precisar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading