Use o cupom: VINTE pra ganhar 20% de desconto !

Meditação infantil saiba como fazer e os benefícios

As crianças estão o tempo inteiro em contato com muitas informações, sobretudo vindas do universo digital. Os estímulos são incontáveis e os pequenos lidam com tudo que veem e ouvem apenas superficialmente.

A meditação infantil pode ajudar as crianças a se concentrarem melhor, pois foca em desacelerar a mente. Além disso, pode contribuir também para o desenvolvimento do controle emocional, trazendo harmonia mental e física.

A exposição das crianças a muitos efeitos sonoros e visuais podem interferir no desenvolvimento. A Sociedade Brasileira de Pediatria, inclusive, alerta sobre a importância do silêncio e os momentos de introspecção na vida dos pequenos.

Nesse contexto, a meditação infantil cai como uma luva para trazer equilíbrio entre o barulho e o silêncio, além de proporcionar bem-estar.

Meditação infantil saiba como fazer e os benefícios

A meditação infantil pode trazer inúmeros benefícios. É uma forma de estimular a concentração e ajudar as crianças a se sentirem mais calmas e relaxadas, o que traz bons resultados para além da vida pessoal.

No entanto, essa é uma prática que exige muito treino. No caso das crianças, existe uma adaptação do tempo para meditar e é importante que os pequenos sejam sempre orientados.

Pensando nisso, é fundamental entender como, de fato, as crianças podem praticar a meditação e obter todos os benefícios para a saúde.

O que é a meditação infantil?

Todos precisamos desacelerar um pouco e o público infantil principalmente, já que a infância atual é cheia de agitação e descobertas. Quando falamos de gerações recentes, o que vemos são crianças ainda mais expostas a um turbilhão de estímulos.

Desse modo, é compreensível que pareçam hiperativas, demasiadamente agitadas, estressadas ou até portadoras de baterias inesgotáveis.

A meditação infantil vem fazer um contraponto a tudo isso. A proposta é desconectar a criança dessa rotina turbulenta ao trabalhar conscientemente exercícios que auxiliam no controle dos pensamentos.

Entendendo a meditação infantil

A meditação de forma geral é uma técnica de concentração e relaxamento que vem sendo utilizada há milênios por diversas sociedades. A prática é simples e pode ser realizada em diferentes locais.

Consiste em manter o corpo e a mente em repouso. A ideia central é se concentrar em apenas “observar “silenciosamente os pensamentos e deixá-los passar, sem refletir sobre eles e seus desdobramentos.

Evidentemente, não é algo tão fácil para uma criança, mas com orientação e treino é possível. Os recursos utilizados incluem, por exemplo,  o uso de sons específicos, como de um sino, pois o som começa alto e vai reduzindo paulatinamente.

A ideia é trazer a atenção da criança para o som e mantê-la concentrada pelo máximo de tempo. Esse é apenas um exemplo, mas existem muitas outras formas de trabalhar a concentração das crianças de acordo com a faixa etária.

Benefícios da meditação para crianças

Os benefícios da meditação infantil são diversos.

Assim como para os adultos, seus efeitos podem ser psicológicos e físicos, trazendo uma sensação de calmaria, diminuindo drasticamente a ansiedade e a hiperatividade.

Controle mental

O principal efeito percebido na meditação infantil é o controle mental.

Como o exercício requer “silenciar os pensamentos”, a criança descobre que é possível, em um estado de concentração, diminuir suas preocupações e agitações.

Concentração e relaxamento

Uma vez que a concentração passa a ser exercitada na meditação, é possível aplicá-la em outros aspectos da vida, como na escola e nas relações interpessoais.

Ao mesmo tempo, essa concentração permite um estado de relaxamento. A mente agitada mantém a função cerebral em atividade extrema, o que pode ser muito exaustivo.

Desenvolvimento da criatividade

Como ser criativo em um mundo que nos bombardeia de informações e respostas prontas?

Pode parecer que esse excesso promove insights, mas na verdade isso pode deixar a criança inquieta, confusa e com dificuldade para filtrar as ideias.

A meditação também estimula a criatividade! Afinal, quando a criança “limpa sua mente” ela consegue encontrar “uma folha em branco” pronta para ser preenchida com as suas ideias.

Autodisciplina e autocuidado

A disciplina passa longe da sua casa? A meditação infantil pode ajudar o seu filho a entender os benefícios de uma vida mais regrada.

O próprio comprometimento com a prática, por si só, já desenvolve um senso disciplinar melhor.

Também destacamos aqui que se trata de um momento de autocuidado. É um momento dedicado a olhar para si e perceber seus pensamentos e sensações frente ao seu dia a dia.

Desse modo, a criança pode notar como suas vivências diárias lhe afetam, mas sem mergulhar profundamente nestas questões. Isso ajuda a trazer clareza sobre seu modo de ser, seus potenciais e talentos – desde cedo.

Meditação infantil para ansiedade

A meditação infantil pode auxiliar muito no controle da ansiedade. Isso porque a concentração adequada ajuda a criança a desacelerar os pensamentos de forma consciente. Desse modo, pode identificar mais facilmente se os medos e receios que sente fazem sentido.

Um dos princípios da meditação é justamente não tentar “prever” o que vai acontecer. A ideia é lidar somente com o momento presente. Ponto.

A ansiedade infantil pode ser causada por uma série de fatores e está diretamente relacionada a outros transtornos como síndrome do pânico, depressão e fobias.

A meditação é eficaz contra o estresse

Segundo o Programa de Avaliação Internacional de Estudantes (PISA), os estudantes brasileiros aparecem entre os mais estressados.

A meditação, assim como a técnica Sleep Talk, pode ser uma importante arma para conter problemas de origem emocional. Isso porque ambas buscam trazer mais equilíbrio, proporcionando um relaxamento consciente.

Crianças menos estressadas automaticamente conquistam melhor qualidade no sono. Quem medita pode dormir melhor devido, justamente, ao fato de aquietar os estímulos cerebrais conscientemente.

Começando a meditar com o seu filho

Mas, como já dissemos, a meditação requer treinamento.

Por isso, não espere que no primeiro dia a criança já apresente bons resultados na atividade. Tudo será um processo e pode levar algum tempo até que as mudanças sejam perceptíveis.

Algumas dicas são:

  • Não é uma obrigação: a criança não deve ser obrigada a meditar. É importante fazer dessa atividade uma prática prazerosa, explicando os benefícios e acompanhando a criança no processo. 
  • Poucos minutos por dia: no começo será difícil manter os pequenos quietos. Por isso os pais devem começar com apenas alguns minutos de meditação por dia. 
  • Acompanhamento dos pais: ao menos no começo as crianças devem meditar acompanhadas de seus pais. Isso é importante pra que desenvolva o hábito e até que elas consigam meditar sozinhas.

Passo a passo para meditação infantil

Não há uma regra engessada para isso. Porém, você pode ajudar o seu filho no começo da meditação infantil da seguinte forma:

Postura

É importante encontrar uma posição confortável para meditar. Prefira fazer isso sentados, assim você evita que a criança durma enquanto medita.

Focar na respiração

A respiração é um ponto essencial para dar início a meditação.

Então, sugira que a criança preste atenção no fluxo do ar, percebendo quando ele entra pelo nariz e é expelido pela boca. Ela pode se concentrar também no próprio abdômen aumentando e diminuindo.

Concentração no olhar

Peça para a criança concentrar o olhar em um determinado ponto. Pode ser uma vela, um objeto, a fumacinha de um incenso…O importante é estimular a concentração em alguma coisa por alguns minutinhos.

Repetições de palavras e frases

Repetir frases e palavras positivas ajuda no objetivo da meditação infantil. Então, diga coisas como “eu sou um menino ou menina inteligente”, ou palavras positivas como “alegria” e “felicidade”.

Peça para a criança repetir com calma a cada respiração. Ela pode, inclusive, escolher as palavras ou frases que deseja falar.

Elementos lúdicos e mentais podem ajudar

Os pais podem guiar a meditação infantil usando elementos lúdicos para isso. Peça para a criança ficar de olhos fechados e em silêncio e narre para ela uma história confortável, leve e sem complexidade.

Algo como “você está caminhando tranquilamente e encontra uma vela. Observe a chama e como ela ilumina o ambiente. Se ela apagar, tente voltar rapidamente para acendê-la de novo”.

Aplicativos de meditação

Outra possibilidade é usar a tecnologia a seu favor. Existem muitos aplicativos e vídeos no Youtube que ajudam na meditação infantil.

Outra ideia é colocar sons de “chuva” e cantos de pássaros para proporcionar um clima ainda mais relaxante durante a prática.

A meditação infantil pode ser realmente muito benéfica para os pequenos. Por isso vale a pena pensar nisso como uma alternativa acessível e interessante para acalmar, melhorar o sono e diminuir a ansiedade. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading