Já identificou seu material escolar? Nós podemos te ajudar ;-)

Saiba o que é a metodologia STEAM

A metodologia STEAM é um conceito de ensino recente. A sigla “STEAM” vem dos termos em inglês: Science, Technology, Engineering, Art e Math. 

Em tradução livre significa: Ciência, Tecnologia, Engenharia, Arte e Matemática. Essa metodologia se baseia em projetos para ensinar sobre cada um desses assuntos. 

Com isso, as 5 áreas que compõem a sigla STEAM são integradas, promovendo um ensino mais fluido, eficaz e prático. 

Uma das bases da proposta de ensino é a pesquisa. Ou seja, os alunos são estimulados a investigar as respostas para compreender e solucionar os problemas propostos em sala de aula. 

Entenda como funciona e quais são os benefícios dessa técnica para o ensino de crianças. 

Saiba o que é a metodologia STEAM

Existem diferentes métodos de ensino disponíveis atualmente e cada escola adota o que melhor representa sua proposta de ensino. A metodologia STEAM é uma opção bastante interessante que pode ajudar a otimizar muito o aprendizado

Isso porque, em tempos em que os alunos se dispersam facilmente devido à avalanche de informações online, ficou evidente a necessidade de inovação nos métodos convencionais de ensino. 

Ensino convencional versus a metodologia STEAM

No ensino tradicional é comum que o professor forneça todas as explicações enquanto os alunos aprendem ao copiar o conteúdo. Esse modelo, embora ainda muito popular, vem sendo cada vez mais questionado. 

O principal ponto levantado por pais que almejam um ensino mais eficaz, é que nem sempre as particularidades dos alunos são consideradas. Desse modo, a avaliação quanto à performance do aprendiz não é tão confiável.

Ou seja, no ensino convencional todos seguem o mesmo padrão de aprendizado. Ainda que alguns alunos demonstrem maior aptidão para algumas matérias, isso não será visto como potencial – nem como uma oportunidade de aprimoramento individual. 

O que a metodologia STEAM traz é justamente uma proposta de ensino em que o aluno se torna protagonista. Isso pode ser essencial para ajudar as crianças a desenvolverem ao máximo suas habilidades natas. 

Como funciona a metodologia STEAM

Na abordagem do método STEAM, os alunos não são avaliados por seus desempenhos em cada uma das matérias, mas sim através de uma avaliação integrada que considera algumas etapas. 

Para tanto a metodologia se vale de cinco alicerces fundamentais. São eles:

  • Investigar;
  • Descobrir;
  • Conectar;
  • Criar;
  • Refletir.

Por meio dessa sequência de etapas, a metodologia STEAM estimula os alunos para que vivenciem o pensamento científico de maneira mais ampla, conectando as disciplinas de forma criativa e sempre pensando além do óbvio. 

O papel do professor

Ainda que o aluno apareça como protagonista, o professor tem papel crucial para a formação educacional completa. 

Afinal, ele continua atuando como um guia, sendo uma espécie de mentor que orienta os alunos para as resoluções de problemas. Porém, o trabalho é sempre em equipe. 

Assim, o professor percebe as necessidades e demandas individuais por aluno, mas fomenta a colaboração entre as crianças para que todas se desenvolvam de forma plena e sem competições. 

5 benefícios da metodologia STEAM

Mais do que uma maneira integrada e moderna de aprender, a metodologia STEAM também chega para trazer soluções que vão além da alfabetização. Alguns de seus principais benefícios são:

  • Estímulo à criatividade

Nesse método de ensino o estímulo à criatividade é constante. Isso porque a ideia é justamente que a criança apresente as soluções mais inovadoras para suas problemáticas. 

  • Pensamento crítico

As crianças devem conhecer o cenário, compreender o assunto e questionar. 

As coisas não são – ou não deveriam ser – ensinadas partindo do pressuposto de ter um único caminho possível – a não ser que realmente só haja um.

O ideal é que as situações sejam apresentadas para serem analisadas pelos alunos. A abordagem STEAM segue essa linha. Isso contribui para que se formem cidadãos com pensamento crítico e propensos a propor melhorias em muitos aspectos.

Também entra aqui a questão do uso contínuo do raciocínio lógico. Ao se deparar com um problema, a criança deverá separá-lo em partes, e superar cada uma delas sempre almejando a melhor resolução integral. 

  • Comunicação e trabalho em equipe

Na maior parte das vezes a metodologia STEAM se baseia no trabalho em equipe para ser realizada. Portanto, os pequenos desenvolvem a comunicação e são ensinados a trabalhar em conjunto. 

Isso é importante principalmente para as novas gerações que tendem a interagir mais virtualmente. Afinal, é positivo estimular interações pessoais que vão além do universo online.

  • Flexibilidade

O trabalho em equipe, por sua vez, requer que um ajude o outro assumindo funções que não lhes foram delegadas no início. Com isso a criança se torna mais flexível e adaptável às mais diversas situações. 

  • Habilidades sociais e culturais

Por fim, a metodologia STEAM também foca na compreensão da diversidade cultural e nas habilidades sociais. Entender e respeitar as diferenças é algo fundamental para esse método de ensino. 

A importância de um aprendizado ativo para as crianças

A abordagem STEAM faz parte de um grupo de metodologias chamadas de “Ativas”. 

Como o nome sugere, nele, o agente aprendiz se torna ativo. Isso quer dizer que a criança participa diretamente das análises e decisões, inclusive dos temas a serem abordados. 

A postura ativa influencia positivamente em diferentes aspectos:

Responsabilização pelo futuro

Com um ensino ativo os alunos entendem que detém a responsabilidade e o poder para construírem o futuro que almejam. 

Portanto, passam a  perceber o mundo ao seu redor, sempre pensando em como contribuir com o bem-estar social enquanto transformam suas próprias realidades rumo ao ponto desejado. 

Desafios tecnológicos

Vivemos a era em que a tecnologia avança aceleradamente. Há uma grande expectativa para que os robôs assumam muitas das tarefas humanas. 

O que nos resta – e o que prevê a metodologia STEAM – é nos tornarmos mais capazes nos quesitos: criatividade, empatia e outros aspectos semelhantes que são inerentes à humanidade. 

Aprendizado mais fluido

Nossas experiências pessoais são cruciais para o aprendizado. Por isso, quando os alunos se tornam mais ativos tendem também a absorver melhor os ensinamentos, sejam eles técnicos, morais ou emocionais. 

Consciência social e empatia

A metodologia STEAM também ajuda no desenvolvimento da consciência social e empatia. 

No decorrer dos projetos e durante as atividades propostas, as crianças são sempre incentivadas a ouvir os colegas e entender – e respeitar – diferentes pontos de vista sobre um mesmo assunto. 

4 formas de aplicação da metodologia STEAM

Existem diferentes maneiras de aplicar a metodologia STEAM em sala de aula. No entanto, algumas formas de nortear isso são as seguintes:

  • Jogos educativos

Além do teor lúdico, os jogos educativos permitem grande interação e funcionam com crianças de diferentes perfis. 

Nesse caso, vale a pena usar tanto jogos eletrônicos quanto jogos desenvolvidos pelos próprios alunos. 

  • Laboratórios

Para estimular a curiosidade e o senso científico, o laboratório pode ser um grande auxiliar. Sendo assim, é bem-vindo usar experimentos diversos ou até mesmo usar um laboratório virtual. 

  • Tecnologia direcionada

Hoje em dia, as crianças são super ligadas em tecnologia e internet

Nesse contexto, a metodologia STEAM explora os recursos de forma direcionada, uma vez que um dos alicerces do método é justamente usar a tecnologia como ferramenta. 

  • Atividades integradas

Professores podem alinhar diversas matérias através de atividades integradas. Assim, o ensino se torna mais dinâmico, eficiente e até mais divertido. 

Premissas da metodologia STEAM

Para abranger todos os tópicos citados anteriormente, é importante que a implementação da metodologia STEAM ocorra conforme as premissas abaixo:

  • Definir o desafio: é importante que os pequenos se identifiquem com o desafio proposto, por isso, pense em um contexto próximo à realidade.

  • Investigar: os alunos devem ser encorajados a investigar e pesquisar mais sobre o tema. É essencial estabelecer a importância da busca por conhecimento para atingir qualquer objetivo.

  • Interdisciplinaridade: busque integrar diferentes disciplinas e áreas de conhecimento. As crianças podem encontrar soluções mais criativas quando  pensam “fora da caixinha”.

  • Trabalho em equipe: trabalhar em equipe é fundamental para aplicação da metodologia STEAM. Afinal, uma de suas intenções é justamente intensificar a interação para que aconteça uma troca positiva de ideias.

Uma vez que os alunos encontrem uma solução para o problema apresentado, o professor deve então analisar a conclusão das crianças e a evolução do aprendizado de acordo com todas as etapas

A metodologia STEAM propõe uma forma inovadora de ensino e é uma opção para que os professores realizem seu trabalho de maneira mais eficiente. 

Isso porque através da integração de disciplinas e a interação ativa em sala de aula, os alunos conseguem aprimorar seus talentos individuais enquanto compartilham mais experiências. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading