was successfully added to your cart.

Como ajudar o filho na escola e contribuir com seu aprendizado?

como ajudar o filho na escola

Olá, mamãe! Ver os filhos se tornarem adultos sociáveis, responsáveis e inteligentes é o nosso maior desejo, não é mesmo? Para isso, além de uma boa base familiar, é fundamental que a criança tire o máximo proveito dos anos escolares. Afinal, essa experiência terá reflexos em seu desenvolvimento pessoal e social.

Para garantir que o seu filho explore todos os ensinamentos, é essencial acompanhar a rotina escolar. Isso envolve estar disposta a ouvir seus medos e problemas, sanar dúvidas e auxiliar no crescimento educacional, bem como no convívio.

Esse acompanhamento não só dará suporte à criança nos estudos, como aumentará a motivação para aprender cada vez mais. E, para melhorar, fortalecerá a sua relação com o pequeno, já que ele sentirá todo o seu interesse para que seja bem-sucedido.

A seguir, vamos mostrar como ajudar o filho na escola e contribuir com o seu aprendizado. Pronta para a aula? Então, confira!

Crie uma rotina de estudos

O primeiro passo para descobrir como ajudar o filho na escola é montar uma rotina de estudos. É essencial que essa prática tenha um horário fixo e que seja combinada com a criança. É preciso observar em qual momento a cria está mais disposta, afinal, não adianta iniciar os estudos quando o pequeno estiver com sono ou disperso.

É interessante fazer um calendário semanal com a rotina de estudos, pois, assim, o seu filho saberá exatamente a hora de sentar e focar. Deixe claro que, assim que ele acabar de estudar e fazer os deveres de casa, poderá brincar. Mas não negocie nem faça trocas para que essa responsabilidade seja cumprida.

Esteja ao lado da criança e observe como ela faz os exercícios. Tire dúvidas sempre que elas surgirem. Caso você não saiba uma resposta, vale descobri-la com a cria. Isso fará com que a criança veja que vocês podem aprender juntos. Assim, ela achará a atividade especial.

Evite interferências no aprendizado

Crianças se distraem facilmente e, por isso, devemos escolher um espaço que seja livre de interferências. Afinal, você não quer um pequeno monstrinho chorando porque está distraído e tem que ler o mesmo trecho várias vezes, não é? Prefira um local com pouca passagem de pessoas e avise aos outros integrantes da família para reduzirem o barulho. Televisão e videogame, então, nem pensar!

Os eletrônicos são grandes tentações e distraem facilmente, então devem ficar fora do ambiente — e desligados. Também é interessante deixar o seu smartphone no silencioso. Assim, o seu filho verá como esse momento de estudo é importante para você.

Participe da vida escolar

Um dos grandes erros dos pais na vida escolar das crianças é só aparecer no colégio em caso de reuniões. Como você estará por dentro da rotina do pequeno se não sabe o que se passa no ambiente escolar? É hora de mudar esse jogo!

Além de perguntar ao seu filho como foi o dia e o que ele aprendeu, verifique as anotações da agenda e se envolva com o colégio. Tire algum tempo para visitar o local e converse com as professoras, ou famosas “tias”, sobre o progresso da criança.

É hora de bancar a detetive, pois ter informações sobre como é a participação do pequeno durante as aulas e as atividades em grupo é fundamental. Assim, dá para saber se ele tem alguma dificuldade em se comunicar ou até mesmo se tem sofrido bullying, algo que deve ser conversado.

Quando fazemos essa “investigação”, conseguimos saber o que ainda falta melhorar e como podemos desenvolver as crias para que aproveitem ao máximo o ambiente.

Estimule a leitura

Ler é um jeito de exercitar a imaginação e a criatividade, além de ajudar a criança a lidar com outros sentimentos. É por isso que estimular a leitura é uma das formas de ajudar o seu filho na escola.

A leitura também amplia o vocabulário, desenvolve a memória e a concentração e torna o raciocínio mais rápido. Todas essas características são essenciais para melhorar o aprendizado e diminuir as chances de encarar uma nota vermelha ou prova de recuperação.

Deixe que a criança escolha um livro por vez, de acordo com a sua idade e capacidade de entendimento. Mas fique de olho, pois nem sempre o título daquele youtuber é a melhor alternativa, viu? É preciso que a obra tenha uma mensagem educativa e que tenha a ver com seu cotidiano.

Comentar o livro ao final da leitura também é positivo, já que isso incentiva a criança a se comunicar e a interpretar o texto. Outra possibilidade é ler para o pequeno antes de dormir. Essa é uma atividade que aproxima você do seu filho e torna a hora do descanso mais gostosa e sem tanta choradeira. Afinal, ao fim da leitura, a cria estará num mundo de fantasia e pegará no sono facilmente.

Identifique as dificuldades do seu filho

Ao estudar com a criança e estar em contato com os professores, conseguimos identificar as dificuldades dos pimpolhos. Isso é muito importante, porque permite que você ajude seu filho a lidar com os obstáculos do aprendizado. Assim, a criança se torna mais segura com o apoio da sua supermamãe.

Deixe que o pequeno faça os exercícios, sem interferências. Se ele não apresentar dúvidas, mas você souber o que está errado, questione o raciocínio e mostre, com paciência, como melhorar.

Além disso, as dificuldades servem para dar prioridade aos temas. Se o problema for a matemática (quem nunca?), foque a maior parte da rotina de estudos nessa matéria. Repasse os exercícios e explique como resolvê-los. Mostrar que você também tinha dificuldades em certas matérias é útil, pois assim o seu filho perceberá que dá para superar aquele obstáculo.

Ainda é importante conversar com os professores sobre as dificuldades de aprendizado e pedir alguns conselhos. Se o problema persistir, considere contratar aulas de reforço.

Explore novas formas de aprender

Cada pessoa tem seu ritmo e seu jeito de estudar — e não é diferente com o seu filho. Além de deixar que ele descubra a maneira adequada de estudo, que tal explorar novas formas de aprender?

As viagens em família podem servir como aprendizado. Quer saber como? Aproveite o passeio para contar a história e mostrar a cultura do lugar. Também é interessante visitar museus e até mesmo apontar as características do relevo para as crianças que já têm contato com a geografia.

Os filmes são outra forma de “estudo”. Pelas imagens, podemos mostrar novos lugares e apresentar documentários sobre o planeta, por exemplo. Que tal pesquisar títulos que tenham a ver com a matéria da escola no momento? Ao final, é legal organizar um bate-papo para que o pequeno diga o que viu e descobriu.

Os jogos também são uma forma de aprender e se divertir. Dá para explorar matemática, ciência e português com games de perguntas e respostas. Já jogos de tabuleiro exercitam o raciocínio e são ótimos passatempos em família. O truque é descobrir o que combina com o seu filho e apresentar o estudo de outras maneiras.

Saber como ajudar o filho na escola é fundamental para incentivar o seu aprendizado e a sua formação como pessoa. Com nossas dicas, fica mais fácil montar uma rotina de estudos e mostrar que aprender pode ser divertido.

Agora que você já viu nossas dicas sobre o assunto, que tal aprender como ser uma mamãe organizada e preparar a rotina de vida escolar das crianças?

Deixe um Comentário