Ganhe adesivos juninos em todos os pedidos acima de R$100! Aproveite ;-)

Segurança em casa: saiba como proteger as crianças

segurança em casa

Olá, mamãe! Você já parou para pensar como anda a segurança em casa? Se tem um filho pequeno (até 10 anos de idade), com certeza já passou pela situação de ficar de olho na escola ou na casa do coleguinha, para ver se tem algum perigo à vista. Mas sabia que devemos ter o mesmo cuidado com os nossos lares?

Isso mesmo. Segundo pesquisas do Ministério da Saúde, cerca de 110 mil crianças são hospitalizadas por ano graças aos acidentes domésticos. Desses problemas, 90% deles podem ser evitados com medidas simples, conforme aponta a ONG Criança Segura.

Pensando nisso, trouxemos este post para que você possa se prevenir e manter o maior amor da sua vida são e salvo. Continue a leitura!

Cômodos

O ideal é não deixar o pequeno sozinho, muito menos trancado. No banheiro, lacre a tampa da privada e não permita que ele tome banho sozinho. Na cozinha, não deixe que os cabos das panelas fiquem para fora do fogão e prefira usar as bocas traseiras ao preparar as refeições.

Nos quartos, evite colocar móveis perto de janelas, pois eles podem ser usados para escalar. Tome cuidado com quinas, instale pisos antiderrapantes, use portões de segurança nas escadas e coloque grades nas janelas.

Objetos pesados, cortantes e inflamáveis

Evite deixar ferramentas, facas, tesouras, vidro ou qualquer outro objeto pontiagudo por perto. Crianças são muito curiosas e não têm medo dessas coisas. Use uma capa própria e guarde-os longe do alcance.

Mantenha também isqueiros, garrafas de álcool e qualquer artefato que possa pegar fogo bem distante. Lembre-se também de que as crianças devem usar utensílios seguros no dia a dia, como copos e talheres de plástico.

Itens pequenos

Os objetos menores e/ou asfixiantes — como balões, moedas, bolinhas de gude, sacolas de plástico, tachinhas, miçangas, pecinhas de brinquedo e botões — podem ser engolidos indevidamente pelas crianças.

Além disso, sempre fique de olho no momento das refeições e tome cuidado com alimentos mal mastigados, como azeitonas, ervilhas, farofas e paçocas, para que não aconteçam engasgos.

Tomadas

A curiosidade pode fazer o pequeno encostar na tomada e levar um choque perigoso. Por isso, é importante protegê-las com tampas próprias ou fita isolante. Você também pode posicionar os móveis de maneira estratégica em frente a elas. Evite também deixar cabos à mostra, para que as crianças não os mastiguem, não tropecem neles ou não se asfixiem com eles.

Piscinas

As piscinas são muito divertidas, mas os pequenos podem correr o risco de se afogarem sem a supervisão de um adulto. Se a sua casa tem uma piscina fixa, é importante que o local seja cercado com portões e cadeados, para não ser invadido quando não estiver em uso.

Se a piscina é dobrável, guarde-a logo após a natação, para que o seu filho não se sinta tentado a usá-la quando você não estiver de olho. Incentive o uso de boias e proíba brincadeiras bruscas, como lutas.

Remédios e itens de limpeza

Não tem discussão: esses itens podem ser engolidos e causar uma tragédia. Guarde-os em uma caixa própria separada em um local alto. Além disso, tranque o armário de remédios do banheiro. Os produtos de limpeza devem ser mantidos em suas embalagens originais, para não confundir as crianças. Por exemplo, evite usar garrafas pet para guardar um desinfetante, pois elas podem pensar que aquilo é de beber.

Plantas

Algumas espécies de vegetais podem ser venenosas ou tóxicas e causar diversos efeitos, desde coceira até alucinações e envenenamentos. Alguns exemplos são mamona, aroeira, urtiga, comigo-ninguém-pode, bico-de-papagaio, costela-de-adão, espirradeira. Faça sempre a pesquisa antes de comprar uma nova planta. Caso já tenha uma dessas, deixe-a fora do alcance ou se desfaça dela.

Como você pode ver, são muitos os cuidados que devemos ter com a segurança em casa, especialmente em relação às crianças. Mantenha todos os objetos que citamos bem longe dos pequenos. Você pode organizar alguns deles em prateleiras altas, usando caixas etiquetadas. Em casos urgentes, procure ajuda médica no mesmo minuto!

Gostou de saber mais sobre o assunto? A disciplina também é muito importante para que o seu filho não passe por esses perigos. Por isso, veja agora como lidar com crianças levadas!

One response to “Segurança em casa: saiba como proteger as crianças

  1. proteger os filhos do “mundo virtual” pode até ser um pouco trabalhoso, mas é importante ter esta postura para evitar ou ao menos minimizar transtornos. por isso eu uso o brunoespiao.com.br/ com ele passo a monitorar meus filhos e além disso tentar protegê – los dos perigos da internet.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading