Ganhe adesivos juninos em todos os pedidos acima de R$100! Aproveite ;-)

Para os pais: como lidar com o sono depois do nascimento dos filhos?

como lidar com o sono

Bastou engravidar e aposto que já começaram a alertar você sobre as noites mal dormidas, né? Esse fato costuma ser marcante na vida de novos pais, por isso aprender como lidar com o sono pode ser muito útil.

Se você não quer se tornar uma “mãe zumbi”, veja este post que está melhor que conselho de mãe, cheio de dicas valiosas. Confira!

Privação do sono e cansaço são um grande desafio para os pais

Recentemente, um estudo publicado pela revista Sleep demonstrou que o impacto da chegada de um bebê nas horas de sono dormidas pelos pais pode durar até seis anos. No primeiro ano, as mães dormem algumas horas a menos do que antes. Cá entre nós, nem precisa de estudo pra você saber disso, não é?

A verdade é que, além de dormir menos, as mães sofrem com o sono fragmentado, o que acaba sendo muito desgastante física e mentalmente. Isso acontece por que o ciclo do sono de um recém-nascido é regulado pelas sensações de sono e saciedade, o que faz com que ele desperte a cada 3 horas, mais ou menos, independentemente de ser dia ou noite.

Essa mudança no padrão, somada ao turbilhão de hormônios e sentimentos que tomam conta da mãe no puerpério, deixa qualquer uma exausta, afetando o humor e a concentração. Já ouviu falar que a mulher perde a memória com a placenta? Pois é, tem a ver com isso também!

Acredite: no princípio isso é inevitável e tentar impor ao bebê o ritmo circadiano será mais estressante do que benéfico. Por isso, o melhor é se adaptar a essa realidade da melhor maneira. E, claro, ter calma! Aos poucos as coisas se ajeitam.

Dicas de como lidar com o sono após o nascimento de um filho

Então, vamos ao que interessa! Confira a seguir as dicas valiosas para passar por essa fase com um pouco mais de leveza e tranquilidade:

Divida as tarefas

Não há como negar que é sobre a mãe que recai a maior carga. Amamentar, por si só, já toma a maior parte do tempo e energia, especialmente porque o início pode ser difícil. Mas é preciso contar com a ajuda do papai também.

Mesmo que você seja uma mãe ursa, daquelas que não quer deixar o filhote por nada, vai ter que confiar algumas tarefas ao seu companheiro: trocar fraldas, colocar para arrotar, dar banho, preparar a mamadeira. Confie e aproveite para envolvê-lo desde o início nos cuidados com o filho.

Durma enquanto o bebê dorme

Às vezes será difícil seguir esse conselho. Afinal, é só quando ele dorme você consegue fazer uma refeição, tomar um banho ou fazer qualquer outra coisa com tranquilidade. Além disso, é normal a mãe ficar um pouco acelerada, custar a dormir, checar o bebê a todo instante. Tudo isso faz parte!

Mas lembre-se: se você já vai dormir menos, precisa se enquadrar no ritmo do bebê, e isso significa tirar sonecas junto com ele. Então, aproveite: desligue-se e descanse.

Ajuste o ambiente

No começo não é fácil pegar no sono durante o dia. A claridade, os barulhos e movimentos do dia atrapalham. Por isso, aquela história sobre não escurecer o ambiente para que o bebê diferencie o dia da noite não serve para você.

Prepare seu quarto para dormir: abaixe as cortinas, feche a porta, ligue uma música tranquila e baixinha para se isolar do movimento da casa e relaxe.

Descanse durante a mamada

Mesmo que não seja dormindo o descanso é essencial. Durante as mamadas, você deve aproveitar para ficar o mais confortável possível, aliviando o cansaço físico. Escolha uma poltrona adequada e use uma almofada para amamentação.

Para amamentar deitada, deite-se de lado e coloque o bebê paralelo ao seu corpo, com a cabeça um pouco elevada (você pode apoiá-la levemente no seu braço, passando-o em volta dele para protegê-lo). Embora exista um tabu sobre essa posição, o risco de otite existe apenas para o bebê alimentado com mamadeira. Para o aleitamento materno é considerado seguro, como explica a médica Denize Ornellas.

Aceite ajuda

Além da ajuda do seu marido, não hesite em aceitar apoio de outras pessoas, como familiares e amigas próximas. Geralmente é a mãe da mãe quem dá maior suporte, mas aquela amiga que veio visitar também pode olhar seu bebê dormindo enquanto você toma um banho.

Permita-se relaxar

Seu bebê precisa de você bem e saudável, então procure se cuidar. Além de se alimentar e se hidratar – beber água é fundamental – descansar a mente é importante. Mesmo que não dê para tirar uma soneca, procure fazer algo relaxante, como um bom banho, um papo no telefone ou se esticar em frente a TV.

A vida para você parece ter dado uma pausa, mas lá fora ela continua. Saia para comprar algo no mercado, veja a rua. Aliás, o banho de sol com o bebê é uma ótima oportunidade para um passeio ao ar livre. Isso vai te fazer bem.

Mantenha a calma

A conexão entre mãe e bebê é algo inexplicável. Ao colocá-lo no colo, seus batimentos cardíacos têm o poder de acalmar seu filho. Por isso, tente se manter calma. Se você se agita, ele também sente.

Esse momento é único e passa bem mais rápido do que parece, portanto, a louça pode esperar e a roupa que precisa ser guardada também. Em pouco tempo, a rotina doméstica se ajusta e sua casa voltará a ser arrumada como antes. Ou não, mas a vida se ajeita do mesmo jeito.

Ter filhos dá trabalho: hoje são as mamadas noturnas, depois virão as birras e outras batalhas. Como lidar com o sono é só o primeiro dos desafios da maternidade, mas acredite, para cada um deles a recompensa vale a pena. No fim, o brilho nos seus olhos será maior do que as suas olheiras!

Agora que você já sabe o que pode fazer para lidar com o próprio cansaço nessa fase, que tal aprender qual o tempo de sono ideal para as crianças? Boa leitura!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading