Já identificou seu material escolar? Nós podemos te ajudar ;-)

Mala de viagem infantil: como organizar para cada idade?

mala de viagem infantil

Oi, mamãe! Entrando em colapso com tanta coisa para colocar na mala de viagem infantil? Nós entendemos! Afinal, mãe é bicho preocupado. E se eu esquecer um remédio importante? E se faltar roupa? E se o tempo virar? A despeito do que o papai tranquilão pode falar, acredite: você está certíssima.

A viagem com os pequenos é uma delícia, mas a etapa de preparação das malas é, na mesma medida, trabalhosa. Para ajudar você, fizemos uma lista com todos os itens essenciais em uma viagem com crianças, como roupas e acessórios específicos para cada idade. Prepare papel e caneta e anote tudo!

A fórmula para uma mala de viagem infalível

Apesar de ser trabalhosa, a etapa de montar a mala de viagem infantil pode ser mais tranquila se for feita com antecedência. Além disso, leve em conta as particularidades do passeio. Olhe só os ingredientes da fórmula para não errar:

  • idade da criança — cada faixa etária exige itens diferentes, além de mais ou menos trocas de roupas. A dinâmica é que, quanto menor o seu filho, mais bagagem;
  • tempo de viagem — considere, também, a quantidade de dias que vocês vão ficar fora;
  • estação — com criança, nós temos sempre que levar roupas de frio e calor, mas as proporções mudam conforme a estação;
  • infraestrutura do destino — dependendo de onde você vai ficar, a quantidade de coisas na mala pode aumentar ou diminuir. Verifique se há ar-condicionado, travesseiros, roupas de cama limpas etc.

Checklist para um fim de semana na praia

Agora sim. Depois de refletir sobre os tópicos que citamos, é hora de colocar a mão na massa. Ou melhor, na mala. A nossa lista é baseada em uma viagem de fim de semana (de 2 a 3 dias) para a praia, ok?

Comece pelos itens gerais, que são essenciais para qualquer viagem em família, independentemente da idade das crianças.

Checklist geral

  • Documentos — identidade dos pais, RG dos pequenos ou certidão de nascimento, carteira de vacinação e cartão do plano de saúde ou do SUS;
  • farmacinha — nécessaire com remédios básicos para controlar enjoos, além de analgésicos, antigases e antialérgicos e outros medicamentos de uso contínuo. Inclua também termômetro e soro fisiológico para limpar o nariz;
  • protetor solar — leve 1 protetor para os adultos, 1 próprio para crianças e 1 facial;
  • repelente — dependendo do lugar, pode ter muito mosquito, o que é incômodo e até perigoso para os pequenos, especialmente para os alérgicos a picadas;
  • sacos plásticos — leve vários sacos na mala para sempre andar com um durante os passeios;
  • álcool em gel — se você vai de ônibus ou de avião, pode ter contato com germes até internacionais. Então, é bom levar álcool em gel para higienizar as mãos dos pequenos antes da hora do lanchinho;
  • carregador de celular — o carregador é um item de sobrevivência, tanto para possíveis situações de emergência que exijam o uso do celular como para tirar fotos incríveis.

Roupas e acessórios

Em relação às roupas, anote aí o que não pode faltar para o seu pequeno, considerando de 2 a 3 dias de passeio:

  • 3 trocas de roupa completa — 1 para cada dia e 1 de reserva, com camiseta ou body e calça ou short;
  • 2 trocas da estação inversa — mesmo que você vá para a praia em pleno verão de 40º C, leve uma troca de roupa de frio para cada dia fora. É melhor prevenir do que remediar, né?;
  • 1 casaco — no caso de bebês, é bom levar um casaco para cada dia, pois eles se sujam muito. Para crianças maiores, apenas um para o fim de semana é suficiente para precaver mudanças de clima;
  • chinelo ou sandália — leve um calçado aberto para seu filho fique à vontade na praia;
  • tênis ou bota — não se esqueça de colocar, também, um calçado fechado, caso a temperatura caia. Dê preferência a materiais que não sujam tanto, como plástico ou borracha;
  • 2 pares de meias — se o pequeno for usar o calçado fechado, é preciso ter meias. Então, leve pelo menos 2 pares;
  • chapéu ou boné — é bom para proteger ainda mais a pele do rosto, que é mais fininha;
  • toalhas — leve 1 toalha de praia e 1 de banho.

Especificidades para cada idade

Agora, confira alguns itens particulares de cada faixa etária e os acrescente na mala de viagem infantil.

De 0 a 2 anos

  • Kit higiene — sabonete, shampoo e condicionador próprios do bebê;
  • kit troca — cerca de 6 fraldas por dia, pomada para assaduras, lenços umedecidos e trocador;
  • fraldas laváveis — são boas para que o bebê possa entrar no mar ou na piscina;
  • roupa de cama — melhor levar os próprios cobertores e lençóis do bebê para evitar reações alérgicas à roupa de cama do hotel;
  • chupeta, naninha e afins — caso seu filho use esses itens, esquecê-los pode render crises de choro sem fim;
  • papinhas e fórmula láctea — se seu bebê não é amamentado no peito, leve os alimentos específicos para ele;
  • carrinho — nem só de praia se faz uma viagem ao litoral. Se forem passear pela cidade, você vai agradecer por ter se lembrado de levar um carrinho;

De 3 a 6 anos

  • Distrações — nessa faixa de idade, o duro é manter as pequenas máquinas de energia entretidas, principalmente durante o trajeto. Então, prepare um arsenal de brincadeiras, leve jogos e cadernos para desenhar, entre outros artifícios;
  • lanches saudáveis — por mais que a criança já esteja com a alimentação completamente introduzida, vale a pena levar lanchinhos saudáveis para não sair tanto da rotina alimentar de casa;
  • roupa de banho — leve 1 roupa de banho para cada dia;
  • muitas roupas de baixo — leve 2 para cada dia. Assim, quando a criança sair da água, dá para colocar uma calcinha ou cueca sequinha e evitar micoses.

De 7 a 10 anos

Ufa! Depois de tantos anos carregando a casa toda na mala, quando a criança chega aos 7 anos, já não tem mais demandas tão diferentes das dos adultos. Ainda assim, é melhor manter pelo menos 2 trocas de roupa para cada dia, além de uma blusa de frio e, é claro, todos os itens do checklist geral.

Dica extra: bolsa de mão

Se for viajar de ônibus ou avião, a mala não vai com você. No carro, até vai, mas lá no porta-malas. Então, monte também uma bolsa de mão com as coisas que você normalmente carrega quando vai sair com o pequeno, como:

  • 1 par de roupa;
  • 1 casaco;
  • fraldas extras, no caso dos bebês;
  • 1 brinquedo;
  • itens básicos de higiene.

Coloque também algum lanchinho e água. Assim, ficará mais fácil resolver qualquer imprevisto que possa ocorrer durante o trajeto e ter uma viagem mais tranquila.

A antecedência é sua melhor amiga

Comece a arrumar a mala alguns dias antes da partida. Sim, a antecedência é sua melhor amiga. Afinal, se você deixar para a última hora, pode se esquecer de levar itens importantes e depois passar sufoco com os pequenos, ou gastar dinheiro à toa comprando o que faltou no local de destino.

Por outro lado, a pressa também pode fazer com que você jogue qualquer coisa dentro da mala. Assim, pode levar itens desnecessários e que só servirão para gerar ainda mais volume.

Com essa lista, você poderá montar a mala de viagem infantil com mais tranquilidade. Como deu para ver, viajar com criança pequena é sinônimo de muita bagagem. Mas fique tranquila: seguindo nossas dicas, provavelmente não faltará nada.

Ah, antes de ir, compartilhe este conteúdo nas suas redes sociais. Ajude outras mamães na hora de lidar com essa árdua, porém, recompensadora tarefa que é organizar a viagem em família!

7 responses to “Mala de viagem infantil: como organizar para cada idade?

  1. Gostei muito da matéria. Me ajudou bastante, pois será a primeira vez que viajo com minha crianças (7 e 4 anos).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading