Bolsinhas, Sacos, Estojos e Organizadores com 20% off! Até 23/06. Use o cupom amo20

Sangramento nasal em crianças: veja aqui as causas e como tratar

sangramento nasal

Ei família, tudo certinho por aí? Hoje vamos abordar um assunto que causa preocupação nos pais, vovós, titios e a quem mais convive com os pequenos: o sangramento nasal.

O evento pode ocorrer com certa frequência em crianças, já que o nariz concentra uma quantidade maior de vasos sanguíneos na infância. Esses vasinhos podem se romper espontaneamente ou depois de uma leve cutucadinha — hábito que causa pavor em muitas mamães. Além disso, os dias mais secos podem ressecar as mucosas e provocar o sangramento.

Quer saber como prevenir e tratar essas pequenas hemorragias? Então acompanhe a leitura!

Quais são as principais causas do sangramento nasal

Não é incomum que os pais corram para o pediatra para verificar o sangramento nasal dos filhos. Como adiantamos, a hemorragia tem origem no rompimento do vaso sanguíneo presente na mucosa nasal, bastante delicada na infância. A boa notícia é que esse evento raramente é causado por um motivo mais sério ou preocupante, como uma doença ou síndrome.

Se o seu filho sofre com esse pequeno problema, você já deve ter reparado que ele costuma acontecer com mais frequência em certas épocas do ano. O clima seco ou propícios ao desenvolvimento de resfriados e rinites aumentam a incidência dos sangramentos, que também podem ocorrer devido aos seguintes fatores:

  • força ao assoar o nariz;
  • inserção de objetos estranhos nas narinas;
  • cutucar o nariz com os dedinhos;
  • doenças respiratórias, como rinite e sinusite;
  • exposição prolongada ao ar-condicionado;
  • pequenos acidentes como uma queda ou ser atingido por uma bola.

Se o seu filho passou por qualquer dessas situações antes de apresentar o sangramento, é possível que essa seja a origem da irritação ou da ruptura dos tecidos localizados na parte interna do narizinho.

Quais são as reações mais comuns e como lidar

Independentemente da causa do sangramento, a criança pode ficar muito assustada. E no caso de ingerir o sangue acidentalmente, pode vomitar. O sintoma não é preocupante, mas a substância pode irritar o estômago do pequeno e ocasionar a reação.

Contudo, é importante conhecer o motivo, já que isso pode definir a duração desse sangramento. Por isso, é fundamental que o adulto tranquilize e passe segurança ao pequeno. Afinal, é papel dos pais e familiares demonstrar que está tudo sob controle.

Alguns agrados podem melhorar os sintomas e manter a criança tranquila, como bebidas frias e sorvetes. Isso porque o resfriamento contribui para que os vasos sanguíneos se contraiam, diminuindo o sangramento, espantando o gosto ruim na boca, além de distrair o pequeno.

Como tratar o problema do sangramento

Agora que você já sabe as possíveis reações que se originam do sangramento, chegou a hora de descobrir as alternativas para tratar o problema e assim evitá-las. Existem várias maneiras de estancar o sangramento nasal rapidamente. Veja a seguir 6 dicas do que você pode fazer para acabar com o problema e deixar seu filho mais confortável:

  1. improvise uma compressa: envolva um saco plástico com algumas pedras de gelo quebradas em um tecido macio e coloque próximo à narina que está sangrando. Tome cuidado para evitar queimaduras ocasionadas pelo gelo;
  2. ensine a criança a cuspir: o sangue que escorre do nariz e entra na boca do pequeno deve ser cuspido, evitando o vômito;
  3. mantenha a criança sentada: não de desespere! Peça ao seu filho para sentar e aguardar até que você pegue os acessórios necessários para diminuir o problema;
  4. repouso: oriente a criança a permanecer quietinha por alguns minutos após os procedimentos, mas nunca deitada, já que pode fazer com que ela aspire o sangue e vomite;
  5. pressione a narina: incline a cabeça da criança para frente de maneira suave, pressione a narina que estiver sangrando durante 10 minutos enquanto ela respira pela boca. Libere a pressão somente depois desse período e repita a operação até que o nariz pare de sangrar;
  6. algodão: você também pode introduzir um rolinho bem fino, feito a partir de um chumaço de algodão, na narina que apresentar sangramento. Lembre-se de comprimir a lateral do narizinho enquanto isso.

Como prevenir

O melhor e mais confortável tratamento para qualquer problema da criança é a prevenção, e não é diferente no caso do sangramento nasal. Confira algumas sugestões:

  • aplicar soro fisiológico para manter a umidade e hidratação do nariz em épocas de tempo seco;
  • aumentar a ingestão de líquidos;
  • melhorar a umidade do ar por meio de um umidificador ou balde de água no ambiente em que a criança estiver;
  • manter a higiene da casa com um pano úmido, evitando crises alérgicas por conta da poeira;
  • aparar as unhas para evitar cortes ao cutucar as narinas;
  • verificar se o pequeno não introduziu algo no nariz.

Quando é hora de buscar um médico

Se mesmo após todas as medidas de tratamento listadas o sangramento não parar ou ficar mais intenso, é hora de suspeitar de alguma fratura e correr para o médico. Caso as duas narinas comecem a sangrar ao mesmo tempo ou em outros locais, como os ouvidos, também é preciso procurar a emergência — especialmente se a família tiver um histórico de doenças hemorrágicas.

Seja qual for a situação, quanto mais cedo buscar ajuda, maiores são as chances de encontrar a causa, curar e prevenir os sintomas. Muitas vezes a hemorragia não é nada grave, mas é necessário realizar uma pequena cauterização no local para estancar o sangramento. O especialista mais indicado para investigar as possíveis causas e tratar o problema nas crianças é o otorrinolaringologista pediátrico.

O importante é manter a calma e saber que o sangramento nasal raramente está relacionado a uma doença mais séria. Procure um otorrino para realizar o melhor tratamento para o seu filho, especialmente em épocas do ano em que o tempo está seco. Quando ele acontece com frequência, a criança pode ficar desconfortável e até mesmo atrapalhar a vida da família. Invista em prevenção e garanta o conforto do pequeno!

É muito importante se manter informado a respeito da saúde da criança. E falando em problemas ou comportamentos que podem interferir na vida da família, como anda o sono do seu filho? Confira o material que preparamos a respeito da insônia infantil!

5 responses to “Sangramento nasal em crianças: veja aqui as causas e como tratar

  1. Eu tenho uma filha de 8 anos antes ela tinha um sangramento muito forte pelo nariz desde 6 meses , o tempo foi passando e hoje amenizou mas a situação, e agora eu tenho um BB de 3 anos que começo a sagra mas aqui em Manaus e muito calor e não ajudar muito

  2. Meu nome é jaine tenho 60 anos e luto com a minha netinha desde os quatros anos de idade hj ela está com 8 e a luta ainda é grande esse sangrando eu já não sei o que fazer ela já fez quatro calterisaçao mais não adiantou nada pelo amor de Deus será que tem alguém que possa me ajudar moro em Ibiúna se houver um anjo entrar em contato comigo

    1. Meu nome é Lilian, tenho 32 anos, o meu filho está com 9 anos e desde os 7 anos ele coloca sangue pelo nariz, geralmente no período noturno, não sei o que é e fico agustiada com isso, te tiver alguém que possa me ajudar,eu agradeço, moro em São Luís no Maranhão.

      1. Meu nome é Judith Francisco, tenho 26, meu filho está com 7 anos e desde os 4anos que ele vem sangrando no nasal, e por incrível que pareça esse corrimento normalmente tem ocorrido mas nos momentos noturnos, não sei se devo me preocupar ou optar por uma ajuda.
        Por isso peço incarecidamente alguém de boa fé🙏 a judar- me Eu sou de Angola e moro na capital Luanda.

    2. Meu nome é Mariana e meu filho tem 8 anos a 3 meses meu filho vem tendo sangramento no nariz sem ter nenhuma causa de cutucar ou soar forte , e vem aumentando com frequência de dia e na hora q está dormindo tambm, já estou muito preocupada , ele não tem sinusite está se alimentando bem oque poderá ser?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading